Ir para conteúdo

Processo Conceitual de BI (Business Intelligence)


Vasata

289 visualizações

Hoje quero escrever um pouco sobre o processo de BI (business intelligence) de forma mais conceitual. Para tanto precisamos entender exatamente o que significa “dados”, “informação” e “conhecimento”.

Primeiramente vamos falar sobre dados, a matéria prima da informação, ou seja, dados são informações não tratadas, que ainda não apresentam relevância, desacompanhadas de qualquer ponto de referência.

O resultado do processamento, tratamento e contextualização dos dados são as informações. Logo podemos definir que informação são dados contextualizados! 

Agora as informações já tem significado, e podem contribuir no processo de tomada de decisões, pois esses dados possuem valor agregado, e a partir disso podemos formar conhecimento. Se um dado trabalhado gera informação, da mesma forma uma informação trabalhada gera conhecimento.

O conhecimento é superior a informação, pois ele além de ter um significado tem uma aplicação. A informação é valiosa para compreensão dos sistemas, mas o conhecimento constitui um estágio mais elevado. Ele tem a capacidade de produzir ideias novas, e alterar situações pré-existentes, buscando a evolução e a melhoria continua dos sistemas em questão.

E a inteligência o que seria? Bom, uma das definições de inteligência é conhecimento profundo. Agora já podemos então entender melhor o que é BI (business intelligence) ou simplesmente inteligência de negócios.

Veja só, quando encontramos em uma organização dados espalhados por todos os cantos, cada um desacompanhado e descontextualizado fica difícil tomar alguma decisão, certo?

Mas agrupe esses dados com outros dados que tenham sentido ou os afetem, já não serão mais somente dados, passaram a ser informação!

No próximo estágio começa o tratamento dessas informações para que as mesmas se tornem conhecimento, é aqui que entra toda a expertise de um analista de BI, não significa que nas etapas anteriores ele não faça a diferença, mas é agora que a mágica acontece!

Nesse ponto são criadas as correlações, são gerados insights, tendências são descobertas, aparecem os outliers e assim por diante até que seja construído valor para o negócio, esse é o objetivo principal, nesse momento nasce o conhecimento, ou como vimos acima inteligência de negócios (BI - Business Intelligence). 

https://www.linkedin.com/posts/adriano-vasata_dashboards-businessintelligence-etl-activity-6778725931088449536-66gc

0 Comentários


Comentários Recomendados

Não há comentários para mostrar.

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
×
×
  • Criar Novo...